Dupla é presa suspeita de comandar fábrica de álcool em gel clandestina em Igaci

Por Rayssa Cavalcante | Portal Gazetaweb.com     25/03/2020 18h46

Polícia apreendeu dois mil e trezentos frascos do produto prontos para venda; local contava com grande estrutura e empregados

Unidade do álcool em gel seria vendida por R$ 8,50

FOTO: ASCOM/PC

Cerca de dois mil e trezentos frascos de álcool em gel clandestinos foram apreendidos, na tarde desta quarta-feira (25), no município de Igaci, no Agreste de Alagoas. No momento da ação, um homem e uma mulher, que se identificaram como donos da "fábrica de álcool em gel", foram presos. 

Segundo informações da Polícia Civil de Alagoas (PC/AL), os agentes receberam um denúncia anônima de que um homem teria comprado pelo menos mil litros de álcool em um posto de combustível, em um trecho da AL-115, na zona rural de Arapiraca. 

Com a informação, uma equipe da 4ª Delegacia Regional de Polícia (DRP) começaram as investigações e descobriram que a substância foi encaminhada à cidade de Igaci, onde a fábrica estava localizada próximo a uma escola. 

Ainda de acordo com a PC/AL, ao chegar no local, os agentes encontraram uma grande estrutura com vários empregados, que trabalhavam colocando rótulos e envasando o álcool em gel feito com o álcool comprado no posto de combustível. 

Ao todo, além de cerca de dois mil e trezentos frascos de 200 ml prontos para a venda, a operação apreendeu cerca de quinze mil frascos vazios, 500 litros de etanol e cerca de trezentos litros de álcool em gel - fabricados no local e prontos para serem envasados. A unidade do álcool em gel seria vendido por R$ 8,50. 

O material e a dupla presa foram encaminhados ao Centro Integrado de Segurança Pública (CISP) de Igaci, em Alagoas, onde foram autuados pelo crime de falsificação de produto (artigo 273 do código penal). 

A operação contou com a coordenação dos delegados regionais Guilherme Lusten e Josias Lima; e a supervisão do gerente de Polícia Judiciária da Região 3, delegado Mário Jorge Barros.