Treinador Marcelo Vilar diz que vai manter a forma de o ASA atuar

Por Francisco Cardoso | Portal Gazetaweb.com     17/07/2017 15h22

Comandante alvinegro justifica que mudar agora o padrão de jogo pode ser mais prejudicial ao Gigante

Técnico alvinegro vai ter mais opções para o próximo jogo, que é contra o Remo

FOTO: Ascom do ASA

Apesar de ter dito que o sinal de alerta foi ligado, porque o ASA voltou para o Z2, que é a zona do rebaixamento para a Série D 2018, o treinador Marcelo Vilar ressaltou que vai manter a forma de atuar da sua equipe.

- Infelizmente, mais uma vez o empate veio e os resultados desta última rodada não nos ajudaram. Mas é preciso dar sequência a essa forma de jogar, caso contrário vamos ter que começar tudo do zero numa fase que o campeonato começa a afunilar.

Com 11 pontos, o ASA caiu para o penúltimo lugar (9º) do grupo A. Perde duas posições para Salgueiro e Moto Club pelo número de vitórias. Em dez partidas, o Gigante só ganhou duas vezes; contabiliza ainda cinco empates e três derrotas.

Na rodada que se encerra na noite desta segunda-feira, com um jogo pelo grupo B (Botafogo-SP x Bragantino-SP), o ASA desceu na tabela por causa das vitórias do Salgueiro, Moto Club e Cuiabá. Este último se desgarrou da zona da degola, pois agora é sexto colocado com 13 pontos.

Kível ou Viola no comando do ataque

O elenco alvinegro volta aos trabalhos na manhã desta terça-feira, agora visando o Remo em Belém. Esta partida vai encerrar a 11ª rodada. Será na segunda-feira (24), no Estádio Mangueirão, às 21h.

A expectativa para este jogo é sobre a recuperação do atacante Leandro Kível, que não enfrentou o CSA no sábado passado. Se seguir vetado, Marcelo Vilar já disse que agora o mais cotado para o seu lugar é Viola.

- Gostei muito da movimentação de Viola e tem tudo para ser efetivado se o Kível seguir no departamento médico - salientou o comandante alvinegro. Viola entrou no decorrer da partida contra o CSA, em lugar de Márcio Telê.

Se Leandro Kível ainda não é certo, contra o Remo o técnico Marcelo Vilar vai ter as voltas do volante Juninho e do atacante Jhulliam, que tiveram que cumprir suspensão automática por causa do terceiro cartão amarelo recebido diante do Confiança.