Meghan e Príncipe Harry se referem a filho pela primeira vez como "Baby Sussex"

Por Quem Acontece     15/04/2019 18h56

Casal fez post no Instagram sobre doações à caridade em vez de presentes para criança

Meghan Markle e Príncipe Harry se referem a filho pela primeira vez como "Baby Sussex"

FOTO: Reuters

Até eles! Meghan Markle e o príncipe Harry, que esperam o primeiro filho, também se referem à criança como "baby Sussex". Em sua conta oficial no Instagram, o casal usou o termo pela primeira vez "em público", ao informar quais organizações de caridade receberiam as doações que eles pediram em vez de presentes para filho. No final do post o casal real avisou: "Em nome do duque e da duquesa (e do Baby Sussex), agradecemos muito."

"Há uma semana, o duque e a duquesa de Sussex pediram que você gentilmente considerasse apoiar várias organizações ao redor do mundo, em vez de enviar presentes para a próxima chegada de seu primogêntio", disseram eles. "Não apenas muitos de vocês deram seu apoio: vocês agiram. Sua Alteza Real queria que você conhecesse o impacto de seu apoio - o efeito direto de sua doação, energia e ação! VOCÊ escolheu fazer parte do bem coletivo e fez uma diferença real", afirmava o post.

"Quer seja uma doação de US$ 5, uma contribuição de £1000, oferecendo-se para ser voluntário ou espalhando a ação, você fez sua parte. E em nome do duque e da duquesa (e do Baby Sussex), agradecemos muito. Você fez isso acontecer. Obrigado.", dizia mensagem.

Meghan e Harry detalharam ainda de que forma cada organização seria beneficiada. A The Lunch Box Fund fornecerá um mínimo de 100 mil refeições adicionais enriquecidas nutricionalmente a crianças em extrema necessidade em toda a África do Sul, enquanto a Little Village HQ recebeu doações de todo o mundo (dos Emirados Árabes Unidos a Hong Kong e os EUA), aumentou seus doadores mensais, teve um aumento nos pedidos de voluntários e fortaleceu sua equipe de mais de 200 funcionários e voluntários.

A Well Child fornecerá fornecer mais de 300 horas adicionais de atendimento especializado por uma enfermeira infantil para crianças com necessidades graves de saúde, permitindo que as famílias permaneçam juntas em casa e no hospital. Por fim, a Baby2Baby recebeu mais de 5 mil produtos para dispersar as crianças necessitadas, incluindo berços, livros, mochilas, fraldas e receberam doações monetárias de todo o mundo - de Guadalajara à Itália.