Polícia Civil faz operação contra milícia que atua na Baixada Fluminense

Por Extra | Portal Gazetaweb.com     09/10/2019 08h42

Foram expedidos 43 mandados de busca e apreensão; uma pessoa foi presa

Polícia Civil faz operação contra milícia que atua na Baixada

FOTO: Letícia Gasparini/Agência O Gl

A Delegacia de Homicídios da Baixada Fluminense (DHBF) realiza, na manhã desta quarta-feira uma operação contra a milícia que atua em toda a Baixada Fluminense. Foram expedidos 43 mandados de busca e apreensão. Marcos Antonio do Santos Amaral, o Marquinho Alemão, foi preso por porte ilegal de arma de fogo por agentes da Polícia Civil.

De acordo com o delegado Moisés Santana, que está coordenando a ação, Marquinhos é um dos chefes da milícia de Austin. Na ação, já foram apreendida três armas.

Agentes da especializada estão em diversos municípios. Um dos endereços é em Austin, em Nova Iguaçu, onde os milicianos são acusados de diversos homicídios. Os policiais estão atrás de provas contra paramilitares que veem aterrorizando cidades como Belford Roxo, Nova Iguaçu e Queimados.

De acordo com as investigações, a milícia em Austin é responsável por extorsões e exploração de serviços ilegais, como a disputa por pontos de mototáxi na Praça do Batuta e na Biquinha.

Armas de fogo, documentos e outros indícios serão recolhidos como o objetivo de elucidar os crimes. Em nota, a Polícia Civil informou que a operação desta quarta conta com apoio de 130 policiais e 5 delegados distribuídos em 43 equipes e oriundos das delegacias de homicídios da Capital e de Niterói, São Gonçalo e Itaboraí.