Gómez em baixa e sem Apodi: CSA finaliza preparação no CT da Chapecoense

Por Mauricio Manoel | Portal Gazetaweb.com     03/12/2019 16h34 - Atualizada às 03/12/2019 18h15

Virtualmente rebaixado à Série B de 2020, Azulão traça meta de terminar o Brasileirão na melhor colocação possível e visa lugar do Cruzeiro

Gómez em baixa e sem Apodi: CSA finaliza preparação no CT da Chapecoense

FOTO: Matheus Pimenta/Ascom CSA

O CSA treinou no CT da Chapecoense, nesta terça-feira (3), e ajustou os últimos detalhes para quarta-feira (4), às 21h, na Arena Condá. Para o confronto, o técnico Jacozinho não poderá contar com Apodi e Alan Costa, o que dá abertura para a utilização de Héctor Bustamante e Ronaldo Alves, respectivamente. 

Euller também não poderá entrar em campo devido ao terceiro amarelo recebido diante do Bahia, porém, ele já deveria ser sacado para este jogo com a Chape porque o titular do meio-campo, Jonatan Gómez, volta a ficar disponível após cumprir suspensão. 

Meia Jonatan Gómez retorna ao time azulino após cumprir suspensão

FOTO: Matheus Pimenta/Ascom CSA
O argentino, inclusive, está apagado nas últimas rodadas do Brasileirão. Ele, que foi decisivo ao marcar o gol da vitória sobre o Fluminense, na 15ª rodada, e continuou sendo nas rodadas seguintes, mas parou. Já são oito rodadas em branco e três suspensões importantes por acúmulo de cartões amarelos e um vermelho recebido. 

Com estas ausências e pouca efetividade técnica de vários atletas, o treinador Jacó deverá colocar em campo: Jordi; Dawhan, Ronaldo Alves, Luciano Castán e Rafinha; João Vitor, Nilton, Jean Cléber e Jonatan Gómez; Bustamante e Ricardo Bueno.

Héctor Bustamante deverá ocupar a ponta esquerda do CSA na ausência de Apodi

FOTO: Francisco Cedrin
Mesmo em baixa, o hermano continua sendo imprescindível para o bom andar da equipe maruja, que almeja, ao menos, terminar a competição na melhor colocação possível. Para este objetivo, o fechamento da 26ª rodada foi camarada com o CSA.

A vitória por 1x0 do Vasco sobre o Cruzeiro nesta segunda-feira (2), livrou o Azulão da "queda matemática" para a Série B de 2020 e ainda manteve a esperança do clube alagoano ficar mais bem colocado até o fim do Campeonato Brasileiro.

Com 32 pontos e na 18º posição, o Azulão, para subir mais um degrau, terá que bater a Chapecoense nesta quarta e torcer pelo tropeço da Raposa, na quinta, que encara o Grêmio, na Arena, em Porto Alegre-RS. Se tudo ocorrer bem, o CSA terá grandes chances de assumir a posição do time mineiro ao bater o São Paulo, na última rodada do Brasileirão.