VÍDEO: governador divulgou 'fake news' sobre rateio do Fundeb, denuncia deputado

Por Marcos Rodrigues | Portal Gazetaweb.com     14/02/2020 20h21 - Atualizada às 14/02/2020 22h19

Parlamentar rebateu afirmação de Renan Filho e disse que chefe do Executivo não teve pressa em enviar projeto para Assembleia

Renan Filho é acusado por deputado de divulgar "fake news"

FOTO: Reprodução

O deputado Davi Maia (DEM) classificou como 'fake news' a promessa do governador, Renan Filho, de pagar o rateio do Fundeb aos professores antes do carnaval. 

Nas redes sociais, Davi Maia rebateu e declarou que o governador não teve pressa alguma com o rateio e que poderia ter aproveitado o recesso parlamentar, em dezembro, para ter enviado um projeto, mas não quis fazer. 

O vídeo demonstra que o governador tentou capitalizar sobre o encaminhamento do projeto que define os termos para o pagamento do rateio do Fundeb.

Governador divulgou 'fake news' sobre rateio do Fundeb, denuncia deputado

-

Em uma postagem nas redes sociais, o chefe do Executivo chega a dizer que, após  a "Assembleia aprovar o projeto de lei, vai ser possível pagar todo os professores agora já no mês de fevereiro, antes do carnaval". Diante da declaração do governador, o deputado também foi para as redes sociais e carimbou o anúncio de Renan como "fake news", já que, diante da repercussão, professores entraram em contato querendo confirmar a informação.

Para Davi Maia, trata-se de uma "falácia", visto que governador poderia ter encaminhado o projeto em regime de urgência e até mesmo ter provocado uma sessão extraordinária, caso tivesse mesmo o desejo de fazer o repasse antes do carnaval. "Não caiam nessa falácia do governo. Isso não é verdade. O governador tinha a opção de mandar esse projeto em regime de urgência ou solicitar que a Assembleia se encontrasse, extraordinariamente, e também não o fez. Esse dinheiro era para estar no salário de vocês. Então, não caiam mais uma vez nessa enrolação. Ele se utiliza de uma questão financeira para ficar fazendo propaganda política", disse Davi.

Com o conhecimento do regimento da ALE e, principalmente, do trâmite burocrático para uma matéria, o deputado Davi Maia alerta que o dinheiro não sairá antes do carnaval. "Não acreditem nisso. Esse dinheiro não sai tão cedo. Não espere o dinheiro antes do carnaval ou no início de março. Ainda vai ter todo o trâmite legal. Estou lá lutando por vocês". 

De acordo com o regimento interno da ALE, as atividades parlamentares estão previstas para voltarem na próxima terça-feira (17), em novo horário. Antes do recesso, os próprios deputados aprovaram o funcionamento das sessões para o período da manhã com primeira chamada às 9h. Ainda de acordo com o regimento, o dia destinado a reuniões das comissões é na quinta-feira (19). Ou seja, é neste momento que começará a ser analisado o texto pelo relator que, posteriormente, vai colocar para apreciação da Comissão de Constituição e Justiça (CCJ), para somente na próxima semana ser levado ao plenário.